Lima Souza news

Lima Souza news

radio

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Lucro líquido recorrente de R$456 milhões em 2020 representa crescimento 10,5% em relação a 2019

 




O BRB alcançou o lucro líquido recorrente de R$456 milhões em 2020. É o maior resultado de sua história e representa um crescimento 10,5% em relação a 2019, apesar de o ano passado ter sido marcado pela pandemia de coronavírus que produziu a maior crise econômica de sempre.


O desempenho do BRB marca uma virada histórica de seu papel no mercado financeiro brasileiro, após a nomeação, pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, do atual presidente do banco, Paulo Henrique Costa, ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal.


Recomendamos para você:CLDF homenageia 15 policiais por atos de bravura

Em nota diretoria do Detran-DF esclarece que CRLV não será enviado para a residência do propritário do veículo

PRF inicia Operação Carnaval 2021 nas rodovias federais

Além de oferecer crédito a pessoas físicas e jurídicas em condições especiais, durante a pandemia, o banco de Brasília assumiu encargos importantes na gestão de áreas importantes do governo do Distrito Federal.


Também foram liberados R$10 bilhões em crédito e beneficiadas mais de 180 mil famílias nos programas sociais do governo Ibaneis Rocha.


A parceria do BRB com o Flamengo, incluindo a criação do banco digital BRBFla, também produziu impactos significativos nos resultados da instituição.


O desempenho do BRB também tem sido elogiado em outras atribuições definidas pelo governador do DF, como a gestão do programa Passe Livre Estudantil, fonte permanente do descontentamento de usuários, obrigados a enfrentar filas intermináveis e a desorganização do sistema.


O banco administra agora, por exemplo, e com sucesso, o espaço turístico a Torre de TV, um dos pontos focais do turismo de Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário