REDE TV COMERCIO

terça-feira, 16 de abril de 2024

UFG mantém aulas enquanto 18 universidades federais entram em greve

 


 Divulgação/UFG

A UFG RELATOU QUE UMA DECISÃO JUDICIAL DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO IMPEDE O ANDES DE REALIZAR ATIVIDADES SINDICAIS EM GOIÁS


A Universidade Federal de Goiás (UFG) mantém as aulas enquanto docentes de 18 universidades federais do país paralisaram as aulas nesta segunda-feira, 15. O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) informou que a proposta de reajuste salarial do Governo Federal foi rejeitada.

Em nota, a UFG informou que as decisões sobre eventuais greves ou paralisações dos professores das universidades federais em Goiás (UFG, UFJ e UFCat) são responsabilidade da própria categoria. Isso se deve ao fato de que o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás opera de forma independente e não como uma seção sindical.

A UFG relatou que uma decisão judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região impede o Andes de realizar atividades sindicais em Goiás. As assembleias para discutir essa questão estão marcadas para os dias 24, 25 e 30 de abril nas cidades de Catalão, Goiânia e Jataí, respectivamente.

A greve

A proposta do Governo Federal, que não incluiu reajuste salarial, propôs aumentar o auxílio alimentação e a assistência pré-escolar, além de elevar em 51% o plano de saúde suplementar dos docentes.

Entretanto, foi rejeitada por 34 seções sindicais. Os professores reivindicam um aumento de 22,71% dividido em três parcelas anuais a partir de 2024 e também discutem o aumento da carga horária de aulas e a implementação de controle de frequência.

O Ministério da Gestão comunicou que apresentou oficialmente sua proposta na última quinta-feira, 11, e prometeu estabelecer mesas de negociação para as carreiras solicitadas até julho, visando tratar demandas e formular acordos com os servidores.

“O Adufg-Sindicato informa que qualquer decisão a respeito de uma possível greve ou paralisação envolvendo os professores das universidades federais localizadas em Goiás (UFG, UFJ e UFCat) será tomada pela categoria, pois a entidade sindical é autônoma e não uma seção sindical. A entidade aguarda uma nova reunião com o Governo Federal para encaminhar tratar do assunto, bem como entende que as negociações, no momento, ainda estão em andamento.

Importante lembrar que o Andes-SN está proibido pela Justiça de praticar qualquer ato sindical no Estado de Goiás, conforme decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 18 ª Região.


As decisões no âmbito da UFG, da UFCat e da UFJ serão tomadas por meio do diálogo com toda a categoria. Greve é uma ferramenta para o trabalhador e deve ser usada de forma eficiente, inteligente e no momento certo. As assembleias para deliberar sobre o assunto serão realizadas nos dias 24 de abril (Catalão), 25 (Goiânia) e 30 (Jataí).

Importante destacar que a Proifes-Federação – entidade à qual o Adufg-Sindicato é filiado -, entregou uma proposta de reestruturação da carreira do Magistério Superior e EBTT ao Governo Federal. O documento prevê, entre outras questões, reajuste em 2024, 2025 e 2026″.

Fonte: https://www.dm.com.br/

segunda-feira, 15 de abril de 2024

SAÚDE | COMBATE AO MOSQUITO MINUTO DA SAÚDE: Brasil enfrenta maior epidemia de dengue da história

 


A diretora do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Alda Maria da Cruz, fala sobre a evolução da doença no país e a expectativa para as próximas semanas

A maior epidemia de dengue da história do país ultrapassou três milhões de casos prováveis e continua fazendo vítimas. Para controlar a doença, só mesmo acabando com o vetor: o mosquito Aedes aegypti.

A diretora do Departamento de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Alda Maria da Cruz, fala sobre a evolução da doença no país e a expectativa para as próximas semanas.

“Estamos com a maior epidemia da história do país, que se iniciou de forma antecipada ao que era previsto para esse período e evoluindo de forma muito abrupta. Há uma tendência à estabilização e nossa expectativa é que a gente passe a um período de decréscimo dos casos. Mas temos diferentes situações epidemiológicas no país. Por isso, precisamos olhar cada região com cuidado para fazer essa análise. Temos uma mudança do clima do planeta que influencia diretamente na biologia do mosquito, fazendo com que fique muito mais transmissível e eficaz na capacidade de se replicar no ambiente.”

Confira 8 dicas para eliminar criadouros do mosquito

Segundo a diretora, a situação do Brasil é a mesma que se vê em outros países das Américas, como Argentina, Paraguai, Peru e Bolívia, que também tiveram uma explosão de casos da doença.

Conheça os sintomas da dengue

Além do combate ao mosquito, é importante estar alerta ao aparecimento dos sintomas da dengue. São sinais de alerta:

  • Febre alta e/ou persistente
  • Dores musculares e nas articulações
  • Manchas vermelhas (exantema)
  • Dor de cabeça ou atrás dos olhos
  • Diarreia e/ou dor forte na barriga
  • Pressão baixa
  • Náusea e vômitos frequentes
  • Agitação ou sonolência 
  • Sangramento espontâneo 
  • Diminuição da urina 
  • Extremidades frias

A melhor forma de combater a dengue é impedir o nascimento do mosquito. E não se esqueça: são apenas 10 minutos por semana para proteger sua família e vizinhos da dengue. 

Para mais informações sobre a dengue e sobre as formas de prevenção, acesse: www.gov.br/mosquito.



Fonte: Brasil 61

domingo, 14 de abril de 2024

Corpo de jovem desaparecido é encontrado

 

DESAPARECIDO DESDE A ÚLTIMA QUARTA-FEIRA 10, O CORPO DO JOVEM FOI ENCONTRADO ÀS MARGENS DO RIO TOCANTINS


Após três dias de busca intensa, o Corpo de Bombeiros localizou o corpo de um rapaz de 26 anosdesaparecido desde a manhã de quarta-feira, 10, em Alto Paraíso de Goiás. O jovem foi encontrado sem vida às margens do Rio Tocantins, próximo à cidade de Colinas do Sul, na tarde de sexta-feira, 12, aproximadamente a 70 km do local onde foi visto pela última vez.

Inicialmente reportado na Vila São Jorge, zona rural de Alto Paraíso de Goiás, o desaparecimento mobilizou as equipes de resgate, que coletaram informações e realizaram buscas na região de mata próxima ao ponto onde o jovem foi visto pela última vez. Com relatos de avistamento do rapaz na região Colinas do Sul, a equipe especializada de Busca, Resgate e Salvamento com Cães do 1º Batalhão de Bombeiros de Goiânia foi acionada.

Apesar dos esforços conjuntos de bombeiros, familiares e amigos, o segundo dia de busca não trouxe sucesso na localização do jovem desaparecido. Foi somente na sexta-feira, durante a tarde, que novas pistas surgiram. Informações de familiares indicaram a presença de indícios de atividade humana do outro lado do rio, levando as equipes até a Praia da Pedra, onde o corpo foi encontrado pelo cão farejador Fênix, a cerca de 8 metros da margem do Rio Tocantins.

Detalhes sobre as circunstâncias do desaparecimento e as causas da morte ainda não foram divulgados. O corpo foi deixado sob os cuidados da Polícia Técnico-Científica (PTC) para investigação mais aprofundada.

Fonte:  https://www.dm.com.br/

sábado, 13 de abril de 2024

*MUTIRÃO SAÚDE NOS BAIRROS -MAIS DE 5 MIL PESSOAS SÃO ATENDIDAS E BENEFICIADAS EM UMA GRANDE AÇÃO QUE IMPACTOU OS BAIRROS RECANTO DA BARRAGEM E SANTA LÚCIA E AGORA SE ESTENDERÁ PARA OUTROS BAIRROS.*

 


 Uma ação jamais vista na cidade de Águas Lindas de Goiás IMPACTOU os moradores dos bairros Recanto da Barragem e Santa Lúcia, trazendo vários atendimentos e  combatendo  doenças virais.

Com a participação de uma grande equipe da Secretaria  Municipal de Saúde, sob a gestão do Secretário *EVANDRO DO CETEP* o *MUTIRÃO SAÚDE NOS BAIRROS*, atendeu mais de 5 mil pessoas, onde 1.208 casas foram visitadas através do manejo ambiental, onde foram detectados 40 focos de dengue.

4.236 pessoas foram visitadas nessas casas e abriram as portas para que a saúde pudesse entrar e fazer a prevenção a dengue.

Foram vinculados por cadastro também 144 domiciliares e individuais no estratégia saúde da família, aplicadas 230 doses de vacina, atualizando a caderneta de vacinação de muitas pessoas e também aplicações de vacinas da dengue, 64 acompanhamentos das condicionalidades do bolsa família, 33 atendimentos de enfermagem com acolhimento, teste de sífilis, de HIV, teste da dengue, e as pessoas foram encaminhadas, atendidas e tiveram orientações gerais, 204 procedimentos odontológicos com escavação, aplicação de flúor, exodontia, limpeza, 31 atendimentos médicos, 142 procedimentos de enfermagem  com testes rápidos, aferição de PA, aferição de glicemia e outros.

A comunidade participou ativamente e a boa notícia dos atendimentos do *MUTIRÃO SAÚDE NOS BAIRROS* já chegou nos demais bairros onde moradores esperam ansiosos pelo dia.

O Secretário de Saúde *EVANDRO DO CETEP* informou a reportagem do Portal de Noticias *A VERDADE* que o *SAÚDE NOS BAIRROS* dará continuidade em outros bairros da cidade de Águas Lindas de Goiás.


Moisés Tavares 

Jornalista- DRT-0001428/GO

sexta-feira, 12 de abril de 2024

Mãe é presa após confessar agressões e planejar matar bebê de dois meses

 

BEBÊ RESGATADA DE CASA EM HIDROLÂNDIA APÓS DENÚNCIA ANÔNIMA DE AGRESSÕES POR PARTE DA PRÓPRIA MÃE


Uma bebê de dois meses foi salva dos ataques da mãe na noite de quarta-feira, 10, após uma denúncia anônima feita para Polícia Militar (PMGO), com o envio de um vídeo que mostra uma mulher espancando uma bebê no setor Garavelo Sul 2, em Hidrolândia.

No vídeo que a PM recebeu aparece uma mulher espancando com violência uma bebê de apenas dois meses, a agressora seria a própria mãe. Assim que chegaram ao local informado, os agentes foram recebidos pela amiga da suspeita que indicou que mãe e filha estariam dormindo nos fundos da casa.

No quarto a suspeita estava deitada com a filha e segundo os policiais a mulher confessou que agrediu a bebê e que planejava matar a filha e tirar a própria vida depois.

Os agentes chamaram o Conselho Tutelar que compareceu no local e após verificar a situação decidiu levar a bebê para um abrigo até encontrar um lar responsável. A menina passou por uma unidade de saúde para avaliação médica.

A mulher foi presa por maus tratos, mas deve passar por uma avaliação psicológica para verificar se não está com depressão pós-parto ou outro distúrbio mental.

Fonte:  https://www.dm.com.br/