Lima Souza news

Lima Souza news

radio

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Procon vistoria lojas no Águas Lindas Shopping


Com a chegada das festas de fim de ano, e consequentemente o aquecimento 
no comércio, o Procon de Águas Lindas de Goiás começou a vistoriar as lojas 
do shopping da cidade. Foram dois dias de visitação, onde a equipe do órgão 
realizou uma vistoria de conscientização juntamente com os lojistas, mostrando 
a necessidade de manter os procedimentos básicos que visam o melhorar o 
atendimento ao cliente, falando da importância de deixar os preços à mostra, 
assim como as formas de pagamento para que o cliente possa escolher a 
melhor opção.
De acordo com o diretor do Procon, Abrão Israel, a iniciativa busca tranquilizar 
os clientes e proporcionar mais comodidade para os lojistas que foram 
orientados para não serem notificados e multados diante de irregularidades 
posteriores.
“Esta primeira etapa orienta os lojistas sobre o que deve ser feito para 
proporcionar satisfação aos clientes principalmente no que diz respeito aos 
preços expostos nos produtos, todavia nas lojas que foram encontradas 
irregularidades, deixamos claro que dentro de 30 dias retornaremos e se tais 
irregularidades não forem sanadas as lojas serão notificadas e multadas. Com 
a chegada de inúmeras empresas para a cidade e a iminência das festas de 
fim de ano, quando o movimento aumenta consideravelmente nas lojas, as 
vistorias passarão a ser mais constantes, cabendo aos lojistas manterem tudo 
dentro das normas para evitarem constrangimentos”, conclui Abrão.
Para o prefeito Hildo do Candango, esta é uma forma de minimizar ocorrências 
de descontentamento por parte dos clientes valorizando assim mais ainda 
as empresas que andarem nas normas. “Esta foi uma excelente iniciativa do 
Procon de nossa cidade que está ao lado do consumidor, conscientizando 
os lojistas sobre a necessidade de se adequarem ao Código de Defesa do 
Consumidor”, afirmou Hildo.
Segundo informações do Procon, das 36 lojas visitadas no Shopping, em 10 
foram encontradas algum tipo de irregularidade, como ausência de etiqueta de 
preço. Abrão disse ainda, que se o consumidor se sentir lesado deve procurar 
a sede do Procon, localizada na entrada do Jardim Brasília.
Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Fotos: ASCOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário