INAUGURAÇÃO E REFORMA DAS CRECHES

INAUGURAÇÃO E REFORMA DAS CRECHES

segunda-feira, 11 de setembro de 2023

Carreta da Defensoria Pública chega a Águas Lindas neste final de semana com serviços jurídicos gratuitos para a população

 


Ação foi viabilizada através de um pedido feito pelo deputado Anderson Teodoro e o prefeito Dr. Lucas

Um importante serviço gratuito para pessoas que precisam de assessoria jurídica estará disponível em Águas Lindas: é a carreta itinerante da Defensoria Pública do Estado de Goiás. Os atendimentos serão realizados nos dias 15 e 16 de setembro, das 9h às 17h, na Praça da Bíblia, próxima ao final do Jardim Brasília, onde a carreta ficará estacionada.

Não é necessário agendar antes. Os atendimentos serão feitos por ordem de chegada, voltados para pessoas com baixa renda comprovada.

A iniciativa, feita em parceria com a Prefeitura de Águas Lindas, Assembleia Legislativa de Goiás e Equatorial, surgiu a partir de um pedido feito pelo deputado estadual Anderson Teodoro (Avante) e pelo prefeito Dr. Lucas. “Nos reunimos com representantes da Defensoria Pública, que foram muito parceiros e nos atenderam prontamente para que nossa população pudesse ter acesso à esses serviços importantes,” ressaltou o deputado.

Além dos serviços jurídicos, a loja móvel da Equatorial estará presente para oferecer informações sobre a tarifa social, negociar débitos e auxiliar os cidadãos com outros serviços relacionados à energia elétrica.

PRINCIPAIS SERVIÇOS OFERECIDOS

- Serviço de divórcio;
- Reconhecimento de união estável;
- Acordos de guarda e pensão alimentícia;
- Reconhecimento de paternidade e maternidade, seja biológica ou socioafetiva;
- Exame de DNA;
- Retificação de registro civil;
- Alteração de prenome e gênero para pessoas transgêneras;
- Segunda via de certidão de nascimento;

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

É importante que os interessados levem seus documentos pessoais, documentos de pessoas da mesma família que residirem juntos, comprovante de residência e comprovante de renda. Vale ressaltar que os atendimentos são destinados a pessoas que ganham até 3 salários mínimos.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário