saude

saude

domingo, 9 de abril de 2023

Demitido da Globo, Fábio William abandona TV e revela nova profissão

Reprodução O jornalista, que apresentava o DF1, revelou que também é formado em Psicologia e já trabalhava com atendimento clínico a pacientes em Brasília. 

O jornalista, que apresentava o DF1, revelou que também é formado em Psicologia e já trabalhava com atendimento clínico a pacientes em Brasília.

       Reprodução   UOL

Fábio William, que esteve na leva de jornalistas demitidos da Globo nesta semana, anunciou quais serão seus próximos passos profissionais. O jornalista, que apresentava o DF1, revelou que também é formado em Psicologia e já trabalhava com atendimento clínico a pacientes em Brasília. Agora, ele disse que dedicará 100% de sua vida profissional para as consultas.

William estava na Globo desde 1996, quando estreou na GloboNews como repórter e apresentador do Jornal das 10. Em 2003, virou repórter especial do Jornal Nacional em Brasília. Em 2011, passou a ser âncora do DF1, jornal da hora do almoço do Distrito Federal, onde estava até agora. Ele também dava expediente como plantonista do Jornal Hoje e do Bom Dia Brasil.

O jornalista não tem redes sociais, mas fez um vídeo no qual agradeceu aos fãs pelas mensagens de carinho, à Globo por todo o tempo em que ficou na empresa e falou sobre seu futuro. O material foi publicado nos perfis de Instagram de sua filha, Letícia de Lara, e sua amiga Márcia Witczak (jornalista que também foi demitida da Globo).

"Desde que foi anunciada minha demissão na Globo, tenho recebido uma avalanche de mensagens extremamente carinhosas, gentis, acolhedoras e generosas, de muita gente. Então, não poderia deixar de vir aqui para agradecer a cada um de vocês. Agradecer por esse imenso carinho que tenho recebido. Meu muitíssimo obrigado", começou ele em seu discurso. William disse que vive um mix de sentimentos, mas se sente grato ao público que o acompanhou e à Globo. "Afinal de contas foram 26 anos e meio de TV Globo, em que eu pude realizar um sonho de um jovem jornalista que lá atrás, há cerca de 40 anos, sonhava em trabalhar na Globo", disse.

"Só tenho a agradecer, principalmente aos últimos 11 anos, em que estive todos os dias na hora do almoço e pude fazer aquilo que sempre gostei, que é trabalhar com notícia, com informação.Falar aquilo que eu acreditava que deveria ser dito, e eu disse. Ser transparente, e eu fui. Ser absolutamente sincero, e eu tive liberdade para isso", comentou. Na sequência, ele falou sobre seu futuro.

Algumas pessoas não sabem, eu também sou psicólogo, já há alguns anos. Trabalho nas duas coisas. Uma paixão é o Telejornalismo, outra paixão profissional minha é a Psicologia.Sou psicólogo clínico, sou psicoterapeuta, sou especialista em Psicologia clínica, atendo adultos, casais, hipnose clínica, enfim. Eu só preenchia metade da agenda, vou poder agora preencher a outra metade.

O jornalista voltou a ressaltar que se sente muito agradecido e lisonjeado pelas mensagens que tem recebido de telespectadores. "Estou bem, estou em paz. Pra mim, a vida é como uma viagem de avião: rápida e cheia de turbulência. Deus é bom o tempo todo, até quando a gente pensa que ele não está sendo. Obrigado pela sua companhia, de coração. E fique em paz", concluiu William.

Nenhum comentário:

Postar um comentário