INAUGURAÇÃO E REFORMA DAS CRECHES

INAUGURAÇÃO E REFORMA DAS CRECHES

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024

Faca encontrada ao lado do corpo de estudante não tinha digitais, diz polícia

 

O jovem estava desaparecido desde sábado e foi encontrado com diversas marcas no tórax - (crédito: Reprodução/Redes sociais)


LUCAS RESENDE MONTE FOI LOCALIZADO NO QUINTAL DA CASA DE UM AMIGO, EM SOBRADINHO. A FACA FOI SUBMETIDA À CÂMARA DE FUMIGAÇÃO DE CIANOACRILATO, UM APARELHO QUE AMPLIA EM ATÉ QUATRO VEZES A CAPACIDADE DE COLETA DE IMPRESSÕES DIGITAIS


O exame papiloscópico do Instituto de Identificação (II) não constatou impressões digitais na faca encontrada ao lado do corpo do estudante da Universidade de Brasília (UnB) Lucas Resende Monte, 20 anos. O jovem foi dado como desaparecido por quatro dias e localizado na terça-feira (13/2) nos fundos do quintal da casa de um amigo, em Sobradinho.

O corpo do estudante foi encontrado com marcas de facadas na região do peito. O objeto foi submetido à câmara de fumigação de cianoacrilato, um aparelho que amplia em até quatro vezes a capacidade de coleta de impressões digitais. Contudo, nenhuma digital foi encontrada. Segundo o delegado à frente do caso, Hudson Maldonado, chefe da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), não há mais exames a serem feitos para tentar localizar impressões digitais na faca.

Faca que teria sido utilizada no crime estava ao lado do corpo de Lucas Resende(foto: Divulgação/PCDF)


A polícia aguarda o resultado de outros laudos para elucidar o caso. O Instituto de Pesquisa de DNA Forense (IPDNA) analisará o material biológico encontrado no local. Pelos laudos, a polícia também espera saber a data aproximada da morte do estudante e a profundidade das lesões. "A primeira linha de investigação é a de homicídio, mas não descartamos o suicídio, devido à profundidade das lesões", disse o delegado.

Fonte:  https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário