saude

saude

segunda-feira, 6 de março de 2023

ISAC registra aumento de 26% no número de atendimentos em Águas Lindas de Goiás

 O dado é um comparativo dos atendimentos feitos em fevereiro de 2022 e fevereiro de 2023, na UPA Mansões Odisséia e no Hospital Bom Jesus



Em fevereiro, as duas unidades públicas de saúde gerenciadas pelo ISAC – Instituto Saúde e Cidadania, em Águas Lindas de Goiás, registraram um aumento significativo do número de atendimentos em relação ao mesmo período do ano passado. Na UPA – Unidade de Pronto Atendimento Mansões Odisséia, os registros passaram de 6.354 para 9.046 nesse período comparativo, um aumento de 42,3%. Já no Hospital Bom Jesus, os atendimentos foram de 7.887 para 8.895, um crescimento de 12,7%.

Esse cenário se deve, em parte, ao aumento dos casos de dengue na região, como tem se observado no restante do país. Na UPA Mansões, por exemplo, a doença representou 19,9% dos atendimentos registrados no mês passado. No total, 1.153 pessoas positivaram para o vírus na Unidade em fevereiro de 2023. Foram 607 a mais do que no mesmo período de 2022.

No Hospital Bom Jesus, a doença foi o motivo de 452 atendimentos, 41% a mais do que no mesmo período de 2022, quando o Hospital atendeu 320 casos.

Causada pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é considerada uma doença sazonal, ocorrendo, principalmente, no período de outubro a maio. Em geral, os sintomas de pacientes com a doença são: febre alta, erupções cutâneas e dores musculares e nas articulações. Em casos graves, pode haver hemorragia intensa e choque hemorrágico.

“O período chuvoso é propenso ao aumento do número de casos. Por isso, o cuidado deve ser redobrado. As orientações de deixar garrafas com a boca para baixo, não acumular água, armazenar garrafas de forma correta, limpar recipientes que acumulam água e ter cuidado com o lixo seguem a todo vapor. Dengue é um cuidado comunitário”, ressalta Narita Brito, diretora-geral da UPA Mansões Odisséia.

Infecções

No Hospital Bom Jesus, além da dengue, outros casos virais foram recorrentes durante os atendimentos na unidade. Por exemplo, o número de pacientes com infecções por enterovírus passou de três casos em fevereiro de 2022 para 41 em fevereiro de 2023, um aumento de 1.266%.

Pacientes com esse problema apresentam, em geral, sintomas como febre, dor de cabeça, doença respiratória, dor de garganta, aftas bucais ou erupção cutânea.

Covid-19

A boa notícia é que reduziram os casos de coronavírus atendidos no Hospital Bom Jesus. Lá, 14 pacientes positivaram para a covid-19 em fevereiro deste ano. No ano passado, esse número chegou a 1.076. Então, a diminuição registrada foi de 98%.

Sobre as unidades

Localizada na região central de Águas Lindas de Goiás, a UPA Mansões Odisséia conta com equipes completas e qualificadas para acolhimento das demandas de urgência e emergência na área de Clínica Médica adulto e infantil.

Ela atende de forma contínua, inclusive nos feriados e fins de semana, acolhendo prioritariamente as ocorrências de saúde dos moradores de mais de dez bairros do município.

O Hospital Bom Jesus também funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Ele atende casos de baixa e média complexidades e oferta os serviços de internação e pronto atendimento de urgência e emergência para Ortopedia e Clínica Médica adulto.

Ambas as unidades são vinculadas ao SUS – Sistema Único de Saúde, custeadas pela Prefeitura de Águas Lindas de Goiás e gerenciadas pelo ISAC. Elas seguem o modelo ISAC de governança assistencial, que garante à população atendimento humanizado, seguro e de qualidade.

Além disso, essas unidades adotam a classificação de risco, um sistema de triagem que permite a padronização do acolhimento e do tempo de espera com base na complexidade e gravidade do quadro clínico de cada paciente. Assim, os casos mais graves são atendidos primeiramente.

Crédito: Divulgação/ISACimage0.jpeg


Nenhum comentário:

Postar um comentário