FUNDO: 100

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

DESENVOLVIMENTO REGIONAL | CHUVA Defesa Civil Nacional alerta para previsão de chuvas intensas no Sul do País


A Defesa Civil Nacional alerta para a previsão de chuvas intensas na Região Sul a partir da noite desta quarta-feira (5). Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o oeste do Rio Grande do Sul e os estados de Santa Catarina e Paraná serão os locais mais afetados. Formada por um corredor de umidade que vem da Bolívia e do Paraguai, associada ao calor e à umidade, a tempestade deverá atingir os três estados até a próxima sexta-feira (7).

De acordo com o Inmet, no oeste do Rio Grande do Sul, o volume de chuva poderá ultrapassar 100 milímetros na quinta-feira (6). Já em Santa Catarina e no Paraná, o acumulado deverá ficar em torno de 70 milímetros. A previsão indica, ainda, ventos fortes no leste do Rio Grande do Sul, com rajadas em torno de 100 km/h.

Com isso, há risco elevado de danos em edificações, corte de energia elétrica, queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e grandes transtornos no transporte rodoviário. Na sexta-feira, os eventos podem avançar para áreas do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Diante da previsão, o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) opera com equipes de plantão para acompanhar o registro de qualquer ocorrência significativa e já comunicou as defesas civis estaduais do risco.

O coordenador-geral de Gerenciamento de Desastres da Defesa Civil Nacional, Tiago Molina Schnorr, pede para que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção.

“É fundamental que a população para que adote algumas medidas de prevenção, como desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Em caso de enxurrada, coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos. Já em situação de grande perigo confirmada, procure abrigo e evite permanecer ao ar livre. É importante que a população fique atenta às informações oficiais e aos locais onde serão divulgados os alertas, além de adotar as medidas de autoproteção”, observou.

Alertas

A Defesa Civil Nacional orienta os moradores das regiões de risco a se inscreverem nos serviços de alerta, enviando SMS com o CEP do local onde mora para o número 40199. Em caso de desastre, a população receberá um aviso. Outra recomendação é ficar atento aos alertas publicados no Twitter da Defesa Civil Nacional (@defesacivilbr) e do Instituto Nacional de Meteorologia (@inmet_).



Fonte: Brasil 61

Nenhum comentário:

Postar um comentário