Lima Souza news

Lima Souza news

radio

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Presídio é referência no estado de Goiás Projeto Reeducação Básica – Reaprendendo a Escrever


Assessoria de Imprensa da Prefeitura



A unidade prisional de Águas Lindas de Goiás em parceria com a prefeitura municipal está desenvolvendo o Projeto “Reeducação Básica – Reaprendendo a Escrever”, um projeto piloto no estado de Goiás que objetiva levar aos reeducandos oportunidades de reintegração à vida escolar.

De acordo com o prefeito Hildo do Candango, a iniciativa da Asp. Stael Palácio de Andrade, idealizadora do projeto, foi muito importante “pois torna o presídio local um exemplo em todo o estado de Goiás, proporcionando aos reeducandos oportunidades de ressocialização através da educação”. Afirma o prefeito.

O diretor da unidade prisional, Adriano Augusto de Andrade, informa que 100% dos reclusos sentenciados retornaram a estudar através do projeto, possibilitando com isso obter mais oportunidades de se reintegrar ao convívio social por meio de políticas humanísticas. “O objetivo central do projeto é tornar sociável aquele que se desviou por meio de condutas reprováveis pela sociedade”. Afirma.

Para que este projeto hoje fosse realidade, parcerias foram formadas entre a prefeitura municipal de Águas Lindas de Goiás através da secretaria municipal de educação, que está cooperando com disponibilidade de professores, acompanhamento pedagógico, materiais didáticos e diversos mobiliários. Colaboraram ainda a sub-secretaria de estado de educação, a promotoria de justiça pela Drª Tania D'Able e o Conselho da Comunidade na Execução Penal, presidido pelo conselheiro Levi da Costa Diniz. Vale ressaltar que as salas e a biblioteca foram construídas com mão de obra dos próprios reeducandos, que também fizeram parte desta conquista, obtendo com isso o direito de remição de pena pelas aulas assistidas.

A data para inauguração das salas de aula e da biblioteca está marcada para terça-feira, 24 de setembro de 2013, às 10hs.   

Fotos: ASCOM


Nenhum comentário:

Postar um comentário