Lima Souza news

Lima Souza news

radio

quinta-feira, 9 de maio de 2013

ANTT anuncia licitação após pedido de intervenção do prefeito Hildo





A ANTT informou que o processo de licitação do transporte semiurbano de passageiros do Entorno do DF encontra-se em fase de análise das contribuições recebidas ao longo da Audiência Pública nº 129/2012, que foi realizada em dezembro de 2012, referente ao Plano de Outorgas de tais serviços, com vistas a incorporar ao modelo as melhorias propostas pela sociedade e consideradas relevantes pela agência.


"No 2º semestre de 2013 está prevista a realização de Audiência Pública referente ao Edital de Licitação e ao Contrato de Permissão, ocasião em que os interessados poderão auxiliar no aperfeiçoamento de tais instrumentos. A publicação do Edital de Licitação, por sua vez, depende da finalização de tais atividades e da aprovação do Plano de Outorgas em caráter definitivo pelo Ministério dos Transportes após a devida avaliação pelo Tribunal de Contas da União. Prevê-se a realização da licitação no próximo ano.", disse a agência.

O transporte coletivo interestadual semiurbano entre DF e Entorno é o mais movimentado do país. Segundo dados da ANTT, são transportados anualmente aproximadamente 89 milhões de passageiros em 551 linhas. A agência dividiu a região do Entorno de Brasília em quatro lotes de linhas para a licitação do sistema de transporte semiurbano. No total são 33 quotas, sendo que cada quota tem um determinado número de linhas. Por exemplo: A ligação Águas Lindas/Brasília faz parte do Lote 3, quota 1, sendo que esta quota tem 39 linhas.

O pedido de intervenção no transporte público de Águas Lindas de Goiás foi feito a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pelo prefeito da cidade Hildo do Candango (PTB). O prefeito do município que fica no Entorno de Brasília tem denunciado há vários meses a precariedade do serviço. São ônibus sucateados e que não oferecem nenhuma segurança ao usuário. O prefeito lembra que a população paga caro pela passagem. A média de preço cobrado pela tarifa é de R$4, 50 por bilhete para ir a Brasília.

"Centenas de pessoas moram em Águas Lindas e trabalham em Brasília. Diariamente essas pessoas enfrentam ônibus lotados sem nenhum conforto. O serviço é caro e de baixa qualidade", comentou o prefeito Hildo do Candango.

Os problemas do transporte coletivo já geraram inúmeros protestos realizados pela população de Águas Lindas. A expectativa, segundo o prefeito Hildo do Candango, é que a situação melhore. O governador Marconi Perillo (PSDB), o secretário das Cidades, João Balestra, e o presidente da Agência Goiana de Regulação (AGR), Humberto Tannus, assumiram recentemente o compromisso de resgatar o controle do transporte público interestadual na região do Entorno do Distrito Federal. A medida conta com o apoio do senador,Gim Argello (PTB). Marconi e os dois secretários realizaram, em Brasília, audiência com o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Luiz Macedo.
Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Fotos: Antonio Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário